Notícias e Artigos Contábeis Diários

RSS Feed
  • face
  • twitter
  • linkedin
  • Preto Ícone Google+
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon

A contabilidade em tempos modernos

18/02/2019

Números. Estamos sempre com eles – querendo ou não. Eles definem os mais diversos aspectos das nossas vidas, desde nossos desempenhos nos estudos e no trabalho até os mais diversos aspectos da economia. Na era dos dados digitais, eles ganham cada vez mais relevância, exercendo sobre nossa sociedade um poder nunca antes visto.

Entender e utilizar os números é uma tarefa complexa. Um mínimo equívoco pode acarretar em um caos completo – por isso, lidar com tamanha responsabilidade exige uma capacitação à altura. A profissão da contabilidade é constituída pelos contadores e técnicos em contabilidade – uma das primeiras profissões regulamentadas no Brasil.

A contabilidade é a ciência que tem por objetivo o estudo das variações quantitativas e qualitativas ocorridas no patrimônio (conjunto de bens, direitos e obrigações) das entidades (qualquer pessoa física ou jurídica que possui um patrimônio). Ela nos fornece a matéria-prima para as tomadas de decisões, estudando, registrando e controlando o patrimônio.

Em resumo, a contabilidade abrange um conjunto de técnicas para controlar o patrimônio das organizações mediante a aplicação do seu grupo de princípios, técnicas, normas e procedimentos próprios, medindo, interpretando e informando os fatos contábeis aos donos das empresas. Sua finalidade é a de registrar fatos e produzir informações que possibilitem ao dono do patrimônio o controle (certificar-se de que a organização está atuando de acordo com os planos e políticas traçados) e planejamento (decidir qual curso tomar para atingir com mais rapidez, eficiência e eficácia o objetivo proposto) de como agir no seu patrimônio.

Desde seu surgimento, as ciências contábeis desempenham uma grande influência sobre as decisões dos donos de patrimônios. Com a evolução da economia, o ambiente empresarial se tornou mais competitivo e, a partir de então, percebeu-se que era preciso um diferencial para que a empresa se destacasse – e foi então que se começou a utilizar a contabilidade voltada para fins gerenciais.

 

 
Entretanto, embora goze, atualmente, de um grande respeito entre a comunidade corporativa, a contabilidade é uma área que ainda sente certas dificuldades na transformação. Já é sabido por muitos que a crescente conectividade alterou as configurações do mercado e, agora, para permanecer competitiva, uma organização não só deve ajustar-se às novas exigências de automação dos processos e modelos de negócio, mas também experimentar novas estratégias. E isto, sem dúvida, também deve ser aplicado para as ciências contábeis.

A experiência digital já não é mais uma opção para as lideranças corporativas. Cada setor do mercado é obrigado a alavancar a tecnologia digital como um meio de se comunicar e interagir com seus clientes, criar novas cadeias de fornecimento para entregar produtos e serviços e aproveitar dados e informações sobre eles. Mesmo com essa crescente necessidade e a vasta disponibilidade de tecnologias, os escritórios contábeis, em sua maioria, ainda são resistentes quando o assunto é a automatização de processos.

Mais do que nunca, os escritórios contábeis precisam ter tipos de perfis para iniciativas que provêm da tecnologia da informação. Além, é claro, de buscar métodos de sustentação das operações, gerando inovação para impulsionar o negócio. O momento exige que os empresários contábeis que desejam mudar o perfil e a forma de atuar no mercado procurem temas compartilhados ao desenvolverem sua própria estratégia de transformação digital e ao aplicar a inovação na contabilidade.

O uso de tecnologia passa a ser um item estratégico para a evolução dos escritórios. Sem tecnologia não há como crescer de forma sustentável ou até mesmo escalável. Sem tecnologia, os escritórios contábeis não conseguem ser mais produtivos.

Pensando estrategicamente, o nobre papel dos contadores passou e passará por profundas modificações. A tendência é que os escritórios contábeis mundo afora estejam cada vez mais inseridos no meio digital, diminuindo os processos manuais por meio da automatização dos processos. Sua profissão continuará evoluindo e ganhando cada vez mais espaço e importância no âmbito empresarial – muito disso graças ao tsunami das startups –, deixando para trás a imagem do “gerador de guias de impostos”. De maneira gradual, os contadores assumem um dos papéis mais importantes de uma empresa: o de consultor de gestão, exercendo grande influência nas decisões estratégicas nas empresas clientes.

Assim, o exercício da função do contador do futuro exigirá maior preparação, onde o aperfeiçoamento e as atualizações serão constantes. A visão multidisciplinar para o exercício da profissão será necessária, tendo em vista as exigências impostas pelo mundo globalizado.

 

Fonte: Diário de Uberlândia

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Linkedin
Compartilhe no Google+
Please reload

Posts em Destaque

Geração da EFD-REINF no Calima ERP Contábil

03/01/2019

1/4
Please reload

Posts Recentes

Please reload

Logotipo deitado Projetus.png
  • face
  • twitter
  • linkedin
  • Preto Ícone Google+
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon

© Desenvolvido por Projetus TI